João Vilnei de Oliveira Filho

João Vilnei é professor permanente do Programa de Pós-Graduação em ARTES da Universidade Federal do Ceará - UFC e professor adjunto do curso de Design Digital no Campus da UFC em Quixadá. Doutor em Arte e Design pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto - FBAUP (2017), com apoio por financiamento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia FCT/POPH/FSE. Mestre em Criação Artística Contemporânea pela Universidade de Aveiro - UA/Portugal (2009) e Bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2006). Integra o Laboratório de Investigação em Corpo, Comunicação e Arte - LICCA/UFC, registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq, o Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade - i2ADS/FBAUP e o Instituto de Investigação em em Design, Media e Cultura - iD+.

Artista visual e performer, participou do "Projeto Balbucio" durante toda a sua existência (2003-2011), coletivo de artistas brasileiro que dedicou grande parte da sua produção à investigação das interceções entre corpo, comunicação e arte [www.balbucio.com]. Em Portugal, apresentou grande número de trabalhos: a performance "The artist isnt present - Eduardos Version" (2014), no Festival Internacional de Arte no Espaço Público de Torres Vedras; a instalação "PDM - Política de Merda" (2014), como membro do colectivo UVBA, durante o "Trees outside the academy - práticas colectivas/collective practices", no CAAA - Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, em Guimarães; a instalação "Não-Guarda-Roupa - versão impressa" (2013), no Guimarães Noc-noc 3; e a instalação "aveiroviseuguarda" (2013), com Pedro Pais Correia e António Prata, durante o Jardins Efêmeros 2013 - Exposição "Nada a fazer?, em Viseu. No Brasil, em 2014, esteve com a fotografia "The artist isnt present" (2013) no III CIRCUITO REGIONAL DE PERFORMANCE BODEARTE - CORPOS AUSENTES, na cidade de Natal. Em 2013, com Wellington Junior e Luis Melo, apresentou a instalação "Não-Guarda-Roupa" (2013) na Mostra Hybridae, na Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Entre Abril e Junho de 2013 viveu em Berlim e participou do  "HomeBase BUILD V" da residência "HomeBase Projekt" [http://www.homebaseproject.org], que reuniu 18 artistas de todo o mundo interessados em trabalhar com o tema "casa". Nesse período, desenvolveu 7 trabalhos e participou de outros tantos, dos quais destacam-se: com Teresa Luzio, a performance "Just Married" (2013), durante o Month of Performance Arte - Berlin; com Wellington Junior e Paulo Cerqueira, a performance "Aureoleds", no 48-hour Marathon, da ACUD/Serendipity Gallery; as performances "200 euros" e "I like cakes", durante o DAS UNMÖGLICHE HAUS, segundo festival do "HomeBase BUILD V"; e a performance "Babel Ghost Sounds", no I DONT SEE THIS HAPPENING AGAIN, primeiro festival do "HomeBase BUILD V". Na "Webber Gallery", da "College of Central Florida", participou na exibição "Long-distance Boyfriends and Other Optimisms in Digital Art", entre fevereiro e março de 2015, com a "Budds Version" da série de trabalhos "The artist isnt present". No mesmo ano, o poster "Revisitando o WC+1 - Espectáculo Músico-performático-sanitário-escatológico", apresentado no "PERFORMA 15 - Encontros de Investigação em Performance", em parceria com Eduardo Barretto e Fernanda Zanon, recebeu prêmio de Menção Honrosa.

Current positions

  • Professor adjunto Universidade Federal do Ceará - Campus Quixadá

Research Groups

Publications

International journals
  • MALVEIRA, I. L. M. ; OLIVEIRA FILHO, João Vilnei de . ARTE E POLÍTICA: MALAS NA CIDADE E O CONCEITO DE COMUM. ART&SENSORIUM, v. 6, p. 189-205, 2019. ISSN 2358-0437. Link
Other publications
  • Oliveira Filho, João Vilnei de. (2019). Vídeo-arte “Péformance”. #18.ART – 18º Encontro Internacional de Arte e Tecnologia, Lisboa. Disponível em: . Acesso em: 31 Jan. 2020. Link